Colelitíase ou pedra na vesícula

A vesícula biliar é um órgão em forma de balão que se localiza na parte inferior do fígado.

 

Ela também participa do processo de digestão dos alimentos e consiste em uma pequena bolsa de tonalidade esverdeada e que tem o formato de uma pera.

 

Apresenta conexões com o intestino. Sua função é armazenar e concentrar a bile, um líquido produzido pelo fígado e que contribui para a digestão dos alimentos, principalmente os gordurosos.

 

Quando acontece algum desequilíbrio na composição da bile, como acúmulo de sais biliares e mais espessos, ocorrem precipitação dos sais biliares e a formação de bile mais espessa e a formação dos cálculos, ou seja, se formam as pedras na vesícula, também chamadas de cálculos biliares. Eles podem se acumular na própria vesícula ou nos ductos biliares.

 

Quando estão no interior da vesícula biliar, os cálculos podem desencadear sintomas comuns de cólicas biliares crônicas e em alguns casos recorrentes. A parada do cálculo na saída da vesícula é principal causa de colecistite aguda, a infecção da vesícula biliar. E quando os cálculos saem da vesícula e são posicionados nos ductos, fazem a obstrução deles e impedem a passagem da bile, causando uma série de complicações mais graves como colangite aguda e pancreatite aguda.  Há casos em que as pedras permanecem ali e, em outros, elas voltam para a vesícula ou são impulsionadas para o intestino.

Av. Mario Ypiranga, N 315

Edifício The Office, Sala 307.